segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Dormir, ou não dormir?

Eis a questão!

Bom dia bando de dorminhocos !

Este post é para todos aqueles que adoram dormir, mas, infelizmente não conseguem.
Eu sofro imenso de insónias, não era tanto quando mais nova, perto dos 20 anos começou a piorar e esta cabeça não para o que dificulta imenso o deitar e aterrar.
Tenho noites que faço de tudo, desde ao copinho de leite quente até ao banho morno. Mas a cabeça...

Desde que me conheço que penso em tudo, em demasia, faço aqui uns filmes dignos de serem escritos (not). Fora de brincadeiras, é muito complicado gerir este meu lado pensante com as horas necessárias de sono. Chega a um ponto que o que eu mais queria era conseguir deitar-me e ferrar que nem fazem os meus cães, oh... eles adormecem sempre tão rápido!

Não sou grande apologista de tomar medicação para dormir, tenho-a e evito-a. Sei que se tomar durmo que nem um anjinho e nem um terramoto conseguiria acordar-me, também sei que não é natural e por isso mesmo evito-o ao máximo.
Em ultima instância é fazer uma directa e cair redonda no dia seguinte, afinal, tanto o corpo como o cérebro precisam descansar.

O meu Pai dizia-me para ler antes de dormir, ora, eu tentei, mas acabei o(s) livro(s). Não dá para tentar dormir a pensar na trama seguinte, decidi então escrever antes de dormir, o resultado foi: uns quantos blogues por ai espalhados, (aliás no dia que publiquei este Blogue encerrei o meu outro onde escrevia quase diariamente) com imensos post's agendados pois tenho um problema grave quando começo a escrever, torna-se impossível escrever tão pouco, e apenas só sobre um determinado assunto

Também tentei chá, vários tipos de chá e inclusive valeriana mas deixa-me mal disposta ao fim de dois dias a tomar e não resulta.

Acho que tentei quase tudo o que já me sugeriram, inclusive médicos. Cheguei a uma triste conclusão sobre mim própria: não posso dormir enquanto não encerrar os assuntos pendentes.
Gostava de ser daquelas pessoas que dormem sobre o assunto mas não dá mesmo, ás vezes até o simples facto de ter um evento no dia seguinte, um exame ou algo em que tenha de estar tudo nos conformes (incluindo eu) faz com que eu passe a noite em claro.

Assim que sempre que possível tento então ter os meus assuntos mais ou menos resolvidos, penso por prioridades e coloco-os no patamar a que pertencem.
Parece super fácil mas não o é, sei que ao agir assim tenho tido menos noites em claro, mas o problema continua lá e algumas noite não escapo e fico a ver o sol nascer.

Alguém ai com insônias loucas e desnaturadas? Que tem por habito fazer para que passe e consigam arrochar?

kisses

Sem comentários:

Enviar um comentário